contato@fragmentosdemim.com| 11. 97581.5500

© 2019 - Fragmentos de Mim (www.fragmentosdemim.com.br)

May 29, 2018

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Do medo para o Amor, uma abordagem pessoal sobre o artista nos tempos atuais

January 29, 2018

 

 

Recentemente me questionei sobre qual a melhor forma de Ser artista nos tempos atuais, onde o mercado da arte e a arte muitas vezes não conversam. Uma supervalorização da imagem e da cultura de celebridade e uma desvalorização do que é essencialmente belo e verdadeiro.

 

Para aprofundar na questão tive que entrar em contato com a minha história de vida, com a minha bagagem e tudo que ela contém: crenças, ideais, ideologias que vim acumulando na forma de conhecimento e também de apego e desencanto.

 

Como cascas de uma cebola fui retirando as camadas que sustentavam a falsa ideia de proteção. Pequenas mentiras que vamos contando pra nos mesmos que vão criando uma realidade falsa e fantasiosa. Conforme fui me aproximando do centro desta cebola surgia uma expressão mais original e objetiva. 

Em meio a essa delicada cirurgia, me deparei com o medo; medo de assumir um sonho, um dom e uma vontade autêntica. Na verdade era um medo de aceitar a responsabilidade que envolve viver a Arte e coloca-la em movimento, no mundo.

 

Comecei então a ouvir as vozes do medo dizendo: o mundo não tem espaço sua você, pra sua arte, além do que a qualidade dos produtos é péssima e tudo está envolvido com uma grande corrupção e manipulação chegando a ameaçar a dignidade humana. Linhas e linhas de afirmações e um peito cheio de certezas! O mais estranho é que conforme aumentava o fluxo desse diálogo interno, mais angustiada eu ficava.  

 

Nesse ponto decidi fazer uma prática de teatro que tem sido um ingrediente fundamental para alimentar minha chama criativa. Finalmente meu coração se acalmou e começou a vibrar. A sensação era de nuvens se afastando e um grande sol me preenchendo por dentro. 

 

Então escutei: Isto não é só sobre você. Você precisa dar passagem.

 

Rapidamente minha consciência deslocou uma espécie de massa de ar poluído e foi criando um espaço totalmente novo dentro de mim.  Nesse lugar pude compreender que meu papel como artista é ser canal de algo maior, independe De... Essa massa (eu mesma) estava impedindo novas possibilidades de realização do meu propósito.  Era como se eu estivesse paralisada pelos meus próprios idealismos e radicalismos.

 

Mas ainda me restava uma pergunta: Ser canal do QUE?

 

Art Espitiru! Sempre acreditei que a arte é um potente e precioso agente na transformação do ser humano, Ela toca a alma. “Eu me ilumino e o mundo se transforma”.Como posso dar passagem para a beleza e para o conhecimento se estou cheia de pré-conceitos, crenças e partidarismos de um mundo horizontal?  A arte é vertical e deve ser percebida e sentida com o coração, que é sempre inclusivo e está a serviço do verdadeiro poder: O Amor.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Instagram - cinza Círculo
  • Facebook - Grey Circle
  • YouTube - Meu Canal